Shortlink

Macau: “Manoel do Gago” vence na justiça e assumirá a Câmara Municipal em janeiro

Com informações de  www.celsoamancio.com

Uma decisão do juiz da vara cível de Macau, Klaus Cleber Morais de Mendonça, datada de 08 de outubro, foi tornada pública hoje, escreveu mais uma página na celeuma jurídica em torno da eleição do vereador Emanuel Galdino para a presidência do poder legislativo macauense, no biênio 2015/2016. O magistrado denegou o Mandado de Segurança que questionava os meios legais da eleição da mesa diretora, ocorrida no dia 07 de maio passado.

O mandado havia sido impetrado pelos vereadores Champirra, Lampião, Geruza Fonseca e Fátima Jácome, que consideraram ilegal a eleição da mesa diretora, questionando pontos como a antecipação da data do pleito e a convocação para a eleição, contestando o ato do atual presidente Oscar José Paulino de Souza.

O Ministério Público também opinou no processo e foi favorável a eleição de Emanuel Galdino, rejeitando as alegações levantadas pelos quatro vereadores. O presidente eleito recebeu a notícia em casa, no início da noite, já Oscar Paulino estava a caminho de Natal, quando foi informado da decisão pela sua assessoria jurídica.

decisao macau

     Seja o Primeiro a Comentar