.

São Gonçalo possui a maior taxa de mortes violentas do RN; logo em seguida aparece Mossoró

 

Cinco cidades do Rio Grande do Norte lideram as chamadas Mortes Violentas Intencionais (MVIs) no estado no ano de 2020. É o que apontam dados do Anuário Brasileiro de Segurança Pública 2021, divulgado nesta quinta-feira (15), pelo Fórum Brasileiro de Segurança Pública (FBSP).

O RN aparece na pesquisa com cinco municípios com taxas de Mortes Violentas Intencionais por 100 mil habitantes em 2020 superiores à média nacional, que foi de 23,6. Com 74 casos, São Gonçalo do Amarante teve índice de 71,4; Mossoró, taxa de 62,2 e 187 mortes; Natal, 27,5 e 245 mortes; e Parnamirim, taxa de 26,2 MVIs por 100 mil habitantes e 70 mortes.

Além disso, a capital potiguar figura no 15º Anuário Brasileiro de Segurança Pública publicado ontem pelo FBSP, dentre as 50 cidades do país que concentram mais da metade (55%) de todas as mortes cometidas por policiais no ano de 2020.

Natal aparece com 50 vítimas e taxa de 5,6 por 100 mil habitantes. O estado do Rio de Janeiro se destaca com 15 municípios na lista. São Paulo e Bahia possuem sete municípios cada um. O Pará tem cinco municípios na relação.

Neste ano, o Anuário também fez um mapeamento das polícias no Brasil. O levantamento revela que no RN existem mais sargentos do que soldados e cabos, ou seja, mais chefes do que chefiados. A reportagem do jornal DE FATO traz na edição deste domingo (18) matéria especial com mais detalhes dos dados do 15º Anuário Brasileiro de Segurança Pública.

 

Femicídio

Em outro aspecto, o território potiguar é citado na pesquisa como o segundo estado brasileiro com a menor proporção de homicídios de mulheres classificados como femicídio no país em 2020. O RN, que aparece em segundo lugar nesse ranking nacional negativo, é relacionado com 17,3% dos assassinatos femininos definidos como femicídio. Vale lembrar que a governadora Fátima Bezerra (PT) sancionou em 2019 a lei que cria o Dia de Combate ao Feminicídio no estado.

 


Defato.com

Nenhum comentário:

Tecnologia do Blogger.