4 de maio de 2021

Macau: Secretário observa que o município necessita de professores, reconhece que se encontra com 15 profissionais com desvio de função e destaca que “ em relação ao passado, já diminuiu muito essa questão ”.

 


No início do ano o secretário de educação Luiz Gonzaga, deu um depoimento que a secretaria se encontrava com 38 profissionais de educação com desvio de função e tentaria resolver essa questão, mas na noite de ontem(03) o secretário confirmou, mesmo sem querer,  que nem ele teve condições de remanejar todos estes professores para suas unidades escolares, já que era um objetivo seu.

Uma vez que

O vereador Chico baixinho questionou sobre como se encontra o quadro de efetivos de professores no município, se o município possuía déficit de profissionais, ou não. Então disse o secretário;

“ Quando cheguei na SME lá tinha 38 servidores, hoje temos apenas 15 servidores técnicos e muitos outros foram encaminhados para suas escolas para desenvolver o papel de professor”.

O detalhe

Estes 'professores técnicos' que  estão a disposição da secretaria realizaram concurso não para técnicos, mas para professores. 

A prova

“ Existem ainda algumas lacunas com falta de professores de ensino especifico do 6º ao  9º ano, além da falta de professores polivalentes”, assumiu o secretário Luiz Gonzaga.

Mas

Mesmo assumindo que deixou 15 profissionais de educação na secretária prestando serviços, onde a maioria é polivalente - profissionais que poderiam estar numa sala de aula – secretário assume que o município possui necessidades, destacando que para assumir esse déficit a pasta de educação realizou processo seletivo recentemente.

Supostamente

Para não mexer nos profissionais de educação que estão à disposição no prédio de educação, o secretário Luiz Gonzaga justificou essa atitude de manter os profissionais com desvio de função, dizendo; “ em relação ao passado, já diminuiu muito essa questão ”.

 



.