.

Educação: ALRN investe na qualificação não-presencial gratuita durante pandemia

 


A educação é, sem dúvidas, uma das áreas mais afetadas pela pandemia da Covid-19. Contudo, neste cenário de incertezas trazido pelo vírus, a qualificação pode ser o grande trunfo para quem espera estar mais forte quando tudo isso passar. E é mirando na possibilidade de o potiguar dar a volta por cima através do estudo, que a Assembleia Legislativa do Rio Grande do Norte tem investido pesado na Escola da Assembleia – braço da Casa que oferece cursos, palestras e workshops gratuitos para todos.

“Com a pandemia, tivemos ações para fortalecimento do Sistema Único de Saúde, como destinação de emenda parlamentar, aquisição de EPIs para servidores da saúde e segurança pública e a destinação de R$ 2 milhões para a UTI do Hospital da Polícia Militar. Depois da vacina, a educação torna-se prioridade. Por nossa iniciativa, definimos como atividade essencial. A retomada do ensino na rede pública de modo híbrido e gradual é a meta até a normalidade presencial.  Até lá mecanismo de ensino e aprendizagem precisam chegar para professores e alunos. Além da manutenção da qualificação de servidores e parceiros de instituições do Poder Legislativo. Para isto contamos com a expertise da Escola da Assembleia”, disse o presidente da Assembleia Legislativa do Rio Grande do Norte, deputado Ezequiel Ferreira (PSDB).

O trabalho da Escola da Assembleia não começou agora. Contudo, foi a partir das regras de distanciamento social que o programa se tornou prioritariamente digital. Mesmo à distância, a qualificação acontece. “Através de cursos aplicados de forma remota, conseguimos atender não só o corpo técnico da Assembleia, como a comunidade no geral”, explicou João Maria de Lima, diretor da Escola da Assembleia.

Só para o primeiro semestre deste ano, estão previstas 88 ofertas de curso, entre capacitação profissional, capacitação pessoal, palestras e até cursos de pós-graduação, distribuídos em mais de 1.800 horas/aulas. A maior parte acontece de forma não presencial e o feedback da população tem sido grandioso. João Maria lembra que teve curso com todas as vagas preenchidas apenas meia-hora depois de ter sido lançado.



Nenhum comentário:

Tecnologia do Blogger.