.

Prefeito TLemos segue decreto estadual e proíbe festas com aglomerações em Macau

 

Entendendo que os novos números de internações e óbitos por conta da COVID-19 vai se registrando e assustando a população e mesmo decidido a acompanhar o decreto da governadora Fátima Bezerra que proíbe promoções sociais que gerem aglomerações, o prefeito Túlio Lemos deverá publicar nesta 5a feira, 10, decreto municipal que irá orientar as novas proibições.

Para o prefeito Túlio Lemos, “lamentamos a ocorrência de novos casos registrados com internações e óbitos causados pela Covid-19 e, assim, precisamos tomar iniciativas que minimizem a expansão da pandemia, enquanto as vacinas não chegam e por essa razão vamos acompanhar a decisão do Governo do Estado em proibir a realização de festas populares que provocam aglomerações, embora façamos côro com os demais gestores municipais e estaduais em que precisamos urgentemente contar com a vacinação em massa, pois a economia de todo o país já não suportar essas medidas proibitivas que geram prejuízos financeiros nos vários setores”

Sobre a validade das restrições no âmbito municipal, o prefeito de Macau se mostrou tolerante ao afirmar que “as medidas proibitivas se limitam às promoções sociais no âmbito do município e entram em vigor imediatamente à publicação do Decreto, pois, assim, também estaremos seguindo a orientação do Ministério Público que pede para se suspenda as permissões concedidas às realizações das festas que seriam realizadas neste final de semana”.


Fonte ASSECOM/ Macau

Nenhum comentário:

Tecnologia do Blogger.