10 de dezembro de 2020

Exemplo em Guamaré: Quando se trata de eleição para mesa diretora, vereador Carlos Câmara demonstra ser um homem público de poucas palavras

 

Quando se trata de definições e atitudes dos edis para composição de mesa diretora no primeiro biênio dos legislativos que formam a região salineira, comportamento como do vereador Carlos Câmara, Guamaré, é para dá uma lição para aqueles que procuram fazer desse ambiente uma alavanca para agregar interesses próprios.

Pois é

Diferentemente de alguns municípios da região que vivem uma batalha de bastidores para definir composição,  o vereador Carlos Câmara de Guamaré, que possui uma larga história de luta no cenário legislativo, não se fez de rogado e nem tentou de alguma forma demonstrar estar em cima do muro ao ser perguntado sobre a presidência do biênio 2021/22 na sua cidade, foi curto em grosso;

“ Meu candidato a presidente é o vereador Eudes Miranda”.

Moral da história

Quando se trata de fazer o certo para que as coisas sigam de forma correta - Lá em Guamaré não tem disso não - o certo é certo e ponto final.



Nenhum comentário:

Postar um comentário