4 de setembro de 2020

SINTE/RN se posiciona sobre retorno das aulas “precipitado e sem segurança” e ameaça greve se aulas voltarem sem segurança

 


O Sindicato dos Trabalhadores em Educação do Rio Grande do Norte (SINTE/RN) se posicionou publicamente sobre o retorno das aulas presenciais nas escolas públicas do Estado. Para a entidade, não é momento para o retorno.

De acordo com nota assinada pelo coordenador-geral interino do SINTE/RN, Bruno Vital, se forem apresentadas datas para retorno, “precipitado e sem segurança”, o sindicato convocará greve. Para o sindicato, o momento é de se discutir e planejar a organização das escolas para quando houver o retorno. O SINTE/RN está orientando aos profissionais da educação a votar contra o retorno em enquete que está sendo promovida pelo governo do Estado.

Veja a nota na íntegra

“O SINTE/RN tem posição contrária ao retorno neste momento, no qual não há segurança para retornar. Caso se apresente datas para um retorno precipitado e sem segurança, chamaremos a greve. Sobre a enquete que está circulando, orientamos que a categoria se posicione contrária ao retorno.

Entretanto, consideramos importante discutir e planejar a organização das escolas, pois em algum momento haverá retorno. Coloco isso para que não se crie um terror desnecessário pela divulgação de um plano de retomada.

Compomos, com outras entidades, um comitê que trata desse plano de retorno. Temos visto no comitê a posição responsável das entidades em, assim como nós, serem contrárias ao retorno. Assim como nós também entendem que isso não é motivo para que não haja planejamento do retorno. Planejar é essencial para prever e organizar os espaços para um novo contexto.

Entendo que a defesa da vida se faz com responsabilidade, transparência e informações corretas. Por isso mesmo faço aqui esses esclarecimentos no sentido de que se faça o debate em cima de fatos concretos e não de especulação. Entendo que isso também é uma contribuição para que trabalhadores/as da educação não venham a desenvolver doenças psicossomáticas devido ao terror que falsas informações podem trazer.
Reafirmo nosso compromisso prioritário com a vida”.

Bruno Vital – Coord Geral interino do Sintern RN.

 


Nenhum comentário:

Postar um comentário