10 de agosto de 2020

Enquanto em Mossoró parte da oposição marchará unida, em Macau alguns nomes importantes pregam a desunião

 

A deputada estadual Isolda Dantas (PT), pré-candidata à prefeita de Mossoró, acredita que parte da oposição marchará unida nas próximas eleições municipais. A análise foi feita pela parlamentar em entrevista aos jornalistas William Robson e Bruno Barreto durante o Foro de Moscou desta sexta-feira, 7/8.

“Eu sempre acreditei na união da oposição. Claro que não será toda ela. Parte da oposição vai se unir”, afirmou, acrescentando que não dá para imaginar que todas as atuais pré-candidaturas de oposição (8) vão se unir, mas que grande parte delas deverá estar junta.

Macau

Parece que a notícia que campeia em grandes centros do interior do norte-rio-grandenses não se refere à Macau, enquanto políticos de larga experiência no cenário estadual entende que é fundamental a união de boa parte da oposição para combater gestão municipal, na cidade salineira de Macau essa realidade não existe, cada um dos interessados se acham melhor que o outro como quem diz “se Macau ta desgovernado qualquer um pode vencer”.

Mas

Esquecem de lembrar alguns destes interessados sobre a poesia de Carlos Drummond de Andrade, que diz;

“ No meio do caminho tinha uma pedra, tinha uma pedra no meio do caminho”.


Nenhum comentário:

Postar um comentário