22 de agosto de 2020

Com o voto da maioria dos deputados norte-rio-grandenses, governo federal mantem o veto para aumento de salários de servidores

Deputados que votaram contra os servidores 


O Senado, em sua maioria, havia votado para derrubar o veto, mas o governo conseguiu que a Câmara mantivesse o veto.

Do Rio Grande do Norte, votaram para manter o veto os deputados Benes Leocádio (Republicanos), Beto Rosado   (PP), Carla Dickson (Pros), General Girão  (PSL), João Maia (PL) e Walter Alves (MDB).

No Senado, onde o governo perdeu a votação (30 parlamentares votaram sim e 42 votaram não) Stynvensson Valentim (Podemos), Zenaide Maia (Pros) e Jean Paul Prattes (PT) foram contra manter o veto.

 Votaram a favor do governo e contra o servidor:

Do Rio Grande do Norte, votaram para manter o veto os deputados Benes Leocádio (Republicanos), Beto Rosado   (PP), Carla Dickson (Pros), General Girão  (PSL), João Maia (PL) e Walter Alves (MDB)

O detalhe

Apenas Natália Benevides (PT) e Rafael Motta (PSB) votaram contra o veto e, portanto, a favor dos servidores.


Nenhum comentário:

Postar um comentário