4 de julho de 2020

Responsabilidade com limite prudencial; O que fez o vereador Pintinho mudar tão rápido de opinião, teria sido pelos cargos que conseguiu nomear na PM de Macau?


O que me chama atenção nessa ação de justiça contra a gestão TLemos é o comportamento do vereador Pintinho, uma vez que o vereador sempre foi crítico ferrenho de gestores que ultrapassam o limite prudencial para agradar apaniguados.

Mas hoje

O vereador se pronunciou no grupo de whatsapp da COHAB, dizendo que “ Isso é besteira.  90% das prefeituras sobrepõe o limite prudencial”.

Pois

Como o vereador pode achar isso uma besteira se ele mesmo criticava com grandeza essa questão em passado recente?

Sem falar que quando era presidente da CM de Macau o vereador Pintinho só falava em limite prudencial – agora quer tapar o sol com a peneira.

A prova

Para comprovar que o vereador Pintinho tá mais nem ai com seu discurso de moralidade administrativa, o mesmo tem dado sua enorme contribuição para que Macau continue ultrapassando o limite prudencial, já que no seu retorno a base do governo exigiu dezenas de cargos, dentre os quais destaco;

- Jorge Pinto como secretário de administração;

- Gerusa Ciríaco como adjunta de imprensa;

- Talita Karla como assessora especial.

Ou seja

O vereador Pintinho se tornou um péssimo edil baseado naquilo que aquilo que ele tanto criticava. 

O edil não tem mais nenhuma cerimônia de aceitar como algo normal o que ele sempre destacou como imoral, desde que essa imoralidade praticada hoje seja para atender seus aliados.

 


Nenhum comentário:

Postar um comentário