9 de junho de 2020

Na busca de reforço social/administrativo, Prefeito TLemos participa de reunião remota com secretários de estado e a governadora Fátima Bezerra


Tenho visto nas redes sociais vários prefeitos batalhando para tentar amenizar crise da COVID-19 em suas comunidades, assim também tenho enxergado os atos e as ações do prefeito TLemos quando se trata do vírus que já tirou 4 vidas na cidade de Macau(tendo mais 2 em análise).

Nesse sentido o prefeito salineiro segue sua luta para mostrar serviço e ter o apoio dos macauenses com esta situação de pandemia e lockdown implantado no seu município.

Muito embora

Que a população esteja retraída com os atos do gestor, TLemos segue seu objetivo de tentar reverter situação e reconquistar a empatia daqueles que confiaram em seu projeto de viabilidade politica e social ao interesse do cidadão salineiro.

Para isso

Se movimenta em várias frentes na busca de soluções para a problemática de momento que é a COVID-19, já que nesse momento se encontra em reunião remota com a governadora Fatima Bezerra, o vice-governador Antenor Roberto, além dos secretários estaduais de saúde, segurança pública e o procurador geral de justiça.

Macau

De acordo com a as informações colhidas por esse blogueiro via assessores municipais e estaduais, o prefeito TLemos participa de reunião com o objetivo de discutir a realidade de cunho social/administrativo de Macau, tentando de alguma forma fazer com que essa reunião remota traga investimentos e ações reais que possam atender a grita social de saúde pública do povo salineiro.  


Fato

O momento é difícil e ninguém tenha dúvidas disso, cobrar do prefeito que as coisas funcionem com dignidade é justo e salutar de todo cidadão salineiro. 

Mas vivemos um momento que requer união e falemos sempre em defesa de Macau não dos interesses triviais e pessoais, por isso faço questão de registrar – seja de quem for a ação positiva para nossa cidade -  mesmo sendo pouco o que se consiga para amenizar dor e o sofrimento do macauense que agoniza. Ficar inerte é muito pior para Macau.


Nenhum comentário:

Postar um comentário