3 de outubro de 2019

Macau: Após agressão, prefeito TLemos relata sua versão para o ocorrido



Após confusão ocorrida na praia de camapum que envolveu o prefeito TLemos, sua esposa, irmão do prefeito e comerciante da praia de camapum, conhecido por Berg, prefeito se pronuncia nas redes sociais e destaca que “ como homem saiu em defesa de sua esposa”.

O prefeito relata todo o ocorrido com riqueza de detalhes, dizendo que “ o comerciante chegou de uma forma agressiva, tentando lhe intimidar quando o mesmo estava na barraca camapum Pub e quando Berg chegou para desacatar, desrespeitar, agredir e ofender, mas pedi para ele ir a outro lugar pois não aceitava esse tipo de coisa”.

O prefeito ainda disse que “o comerciante Berg  continuou lhe agredindo verbalmente quando sua esposa Andreia se levantou e começou a filmar, mas  Berg tomou o celular de Andreia, não aceitei e reagi como homem, não como prefeito, reagi como marido da minha esposa”.

Contextualizo a situação porque ouvi de pessoas que estavam ao lado da mesa do prefeito essa mesma verdade, onde também é fato que o prefeito foi atendido no local para averiguar se sua mão estava com alguma luxação mais forte, nada constatado e o prefeito saiu para tomar as devidas providências como ele destacou no áudio  distribuído nos grupos de whatsapp de Macau. 

Ao ver a cena do prefeito sendo agredido a esposa Andreia tomou a frente da discussão - o prefeito não quebrou o nariz - ficou com o rosto machucado com forte hematoma.

Apos tomado as devidas providências para o corrido, prefeito se deslocou com amigos, familiares e alguns eleitores para a praia de camapum.


Opinião do blog:

Não vejo como uma agressão de ódio da oposição como o prefeito destacou, nem muito menos que os macauenses tentem intimidar o prefeito em seu momento de lazer - o que ocorreu foi um fato isolado de agressão ao prefeito, não por motivações politicas, já que o agressor votou em TLemos - onde a discussão chegou as vias de fato por não ter uma pessoa equilibrada que apaziguasse o clima desconfortável. 

Insatisfações todo político encontrará pelo caminho, Macau não se comporta diferente dos grandes centros. Depois de tudo isso cabe o prefeito se policiar, rever seu ambiente de lazer e entretenimento para que fatos como estes não façam parte de sua rotina criando esse desconforto politico, pessoal e familiar.


Nenhum comentário:

Postar um comentário