23 de setembro de 2019

Ainda há quem questione a audiência pública promovida que busca o desenvolvimento turístico de Macau e região



Mesmo a audiência pública sendo aberta para participação de todos, sem distinção de cor, religião e posições partidárias, ainda há quem contrariem movimentos como estes na cidade de Macau.

Uma vez que

O PCdoB salineiro tem pautado seus discursos de “ realizar uma discussão ampla para reorganização de Macau” mas em nenhum momento se fez presente na discussão que envolve turismo e desenvolvimento da cidade salineira.

Sobretudo

Quando se percebe que na primeira oportunidade o PCdoB salineiro teve para "discutir o partido" deixou sem espaço o único vereador da sigla comunista, mas mesmo assim ainda se acha no direito de questionar os partidos envolvidos nessa discussão de desenvolvimento turístico e social.

O estranho

E que a nota acima fala de “arapuca’ e “subiram nas minhas costas” - conhecendo o comportamento de quem republicou a nota acima com o objetivo de confundir e se demonstrar como um politico integro e honesto na terrinha - as frases marcadas apresentam bem quem tem costume de montar “arapucas” e “subir nas costas” dos outros.

Basta ver como exemplo a maneira que o PCdoB obteve seus cargos em Macau; seja no município ou no estado, passando por cima da opinião do único vereador do partido em Macau, tendo apenas como projeto pessoal beneficiar-se com os cargos destes órgãos públicos. Fato muito bem destacado à esse blogueiro por liderança do PCdoB em Macau.






Nenhum comentário:

Postar um comentário