27 de dezembro de 2018

A incógnita da terceirização municipal

Postado por Irineu Cândido
Esse é sentimento do povo salineiro com relação ao projeto do prefeito que visa extinguir as funções de asg, porteiro, motorista e vigia. Uma vez que diante de tanta ausência governamental muitos macauenses já se perguntam qual o propósito deste ato do executivo.

Sobretudo

Quando o prefeito só fala em crise, quando o gestor não assume os pagamentos dos efetivos e pensionistas, o mesmo resolve terceirizar funcionários duplicando o valor a ser pago  por cada contratado.

Logo se faz questionar; esse é o comportamento de quem está em crise?