1 de novembro de 2018

A Lei do Retorno: Quem sempre denunciou falta de gestão na cidade de Macau, hoje sente na pele o que é ser denunciado pela mesmo ato

Postado por Irineu Cândido

Após tanto abandono praticado pelo prefeito TLemos, parece que os macauenses aprenderam rápido o caminho das pedras na busca de fazer valer os seus direitos não respeitados pelo  prefeito salineiro.

Porque digo isso?

Porque recentemente o jovem Reginaldo procurou o MP para denunciar a falta de energia pública que perdura nesses 22 meses de gestão em sua localidade.  Não bastasse esse ocorrido, diante da mesma inércia da gestão municipal no tocante as praças esportivas, Luiz Barbosa do Nascimento Júnior, resolveu acionar o Ministério Público solicitando providências tendo em vista a existência de problemas estruturais na quadra do Porto – na Avenida Centenário. O ginásio é o principal equipamento esportivo do bairro do Porto, encontra-se abandonado pelo poder público.



O detalhe



Júnior da Borracharia ainda relatou a situação precária em que o ginásio se encontra e com iminente risco de acidentes já tendo inclusive desabado parte da cobertura, onde no local não há vigia e a estrutura física está se deteriorando.
Para confirmar o que diz o borracheiro anexou vídeos para apresentar a real situação do local e pede atuação da promotoria junto a prefeitura de Macau para que faça a interdição do local e que se proceda a reforma.

Por fim


Situação da Quadra do Porto

Até agora a gestão TLemos não disse à que veio no sentido de oferecer cidadania aos seus conterrâneos, por isso as denuncias chegam ao MP do município feito um rastilho de pólvora.