.

Secretário de educação comparece a CM de Macau para explicar sobre reordenamento escolar e mãe diz que " fechar escolas só demonstra que os direitos da criança estão sendo negligenciado por vocês”.

 


O secretário de Educação, Luiz Gonzaga, esteve presente na sessão da CM de Macau com o objetivo de esclarecer os pontos especifico sobre o reordenamento escolar.

O secretário destacou que esteve presente em várias comunidades para discutir esta ação iniciada em janeiro de 2021, o mesmo disse que esta não é uma ação nova no município, disse;

 “ Este ordenamento já aconteceu nas escolas de Diogo Lopes e Sertãozinho, onde 3 unidades escolares forma reordenadas e cada uma destas ficou com uma modalidade de ensino. É um exemplo de sucesso”.

“ O que estamos buscando é oferecer e ofertar o melhor para os nossos estudantes”, destacou o secretário Luiz Gonzaga em esclarecimento remota aos vereadores e mães de alunos.

Mães

Com a presença de 12 vereadores, a cidadã Alenna, mãe que representa todos os interessados nessa questão, foi logo dizendo que o debate identificado pelo secretário Luiz Gonzaga para o reordenamento escolar não aconteceu como o secretário disse, disse também;

 O que acho triste é nos sermos profissionais de educação que deveríamos lutar para abrir escolas, estamos fechando. O secretário quando chegou não encontrou nenhuma escola das comunidades fechadas, trabalhávamos virtualmente. ”

Para mãe que se expressa com sua indignidade para o fechamento de unidades escolares que estão acontecendo por compreenderem que estas escolas fazem parte da zona urbana, disse ela;

“ Além da lei municipal 903/2005 que o secretário se apoia para fechar as escolas existe também o plano diretor de 2011, onde  diz que estas regiões não são urbanas, mas como regiões de expansão urbanas. Então eu desconheço que uma situação de expansão urbana seja considerada como urbana. ”

Mãe que estava completamente pautada com argumentos que identificam o que é uma região urbana e expansão urbana, exemplifica;

“ Na região urbana você encontra na comunidade postos de saúde, postos de segurança, rodovias com acostamentos e calçamentos, áreas de recreação e parques que apresentam características de situação urbana, mas na nossa região o que temos vacas e bois passando pelas rodovias causando acidentes, a região de quixabas, Tambaú ninguém paga IPTU que é o imposto de zona urbana, para o que eu saiba nós pagamos INCRA e incra é imposto de zonas rurais. Não podemos fechar escolas rurais que é o avanço social de uma sociedade, principalmente na zona rural. Essa atitude de fechar escolas só demonstra que os direitos da criança estão sendo negligenciado por vocês”.

Para encerrar

A mãe Alenna apresentou números que demonstram aprendizagem dos estudantes nesse ambiente escolar de zomba rural, para ela “ os alunos inseridos no seu ambiente do dia a dia consegue tirar mais proveito da grade curricular, que se deslocar para uma área completamente desconhecida das nossas crianças”.

 


 

 


Nenhum comentário:

Tecnologia do Blogger.