Mortes por Covid em 2021 superam ano passado, inclusive em Macau

 


A pandemia da covid segue cada vez mais em alta em todo o Brasil. No Rio Grande do Norte, a segunda onda da doença causou ainda mais mortes. Dados do Laboratório de Inovação Tecnológica em Saúde, da Universidade Federal do Rio Grande do Norte (UFRN) apontam que os óbitos pela covid ocorridos em 2021 já superam os registros do ano passado.

Segundo o Lais/UFRN, em 2021, a covid matou 2.993 pessoas no Rio Grande do Norte. Esse ano, em menos de 5 meses, já foram a óbito 2.996 norte-riograndenses.

Os dados do LAIS/UFRN mostram que as mortes diárias pela covid mais que dobraram este ano. A primeira morte pela doença foi registrada em 28 de fevereiro de 2020. A partir daí e durante os 307 dias da pandemia, a média diária de mortes pela covid ficou em 9,7. Este ano, nos 145 dias da pandemia, a média de mortes por dia é de 20,66. O número de pessoas vitimadas de forma fatal pela covid mais que dobrou em 2021 em relação ao ano passado.

Macau

As estatísticas revelam o quanto a pandemia está forte em território potiguar, fato também enxergado na cidade salineira de Macau. Uma vez que o número de mortes nesses 5 meses de 2021 se apresentou proporcionalmente bem maior que os 11 meses de 2020. A cidade salineira tem sofrido com as perdas de grandes amigos nesses primeiros meses de 2021.


Tecnologia do Blogger.