.

Macau: prefeito ZAM propõe divisão de vencimentos atrasados em 12 vezes, servidores não aceitam e amanhecem o dia identificando suas posições nas redes sociais

 

Mesmo tendo dado prioridade aos pagamentos atrasados do município de Macau quando foi possível se fazer pois não se tratava de sua gestão, prefeito ZAM enxerga que chegou ao limite dos seus recursos financeiros e propõe divisão de valores atrasados para os ativos, aposentados e pensionistas salineiros em 12 vezes.

Os valores atrasados questionados pelos servidores municipais se referem ao mês de dezembro e o 13º salário de 2020 da gestão passada, os mesmos aceitam apenas que estes vencimentos atrasados sejam pagos de forma integral.

Então

Por não aceitarem a proposta enviada pelo prefeito de Macau, servidores municipais que se sentem prejudicados amanhecem o dia com uma campanha com áudios, vídeos e mensagens nos grupos de whatsaspp relatando a situação de extrema necessidade que os mesmos estão passando.

Veja banner solto nas redes sociais e um dos videos com posicionamento de professora aposentada;






No entanto

Acredito que os servidores estão fazendo o seu papel na busca de receberem seus vencimentos atrasados, mas também acredito que o bom entendimento entre ás partes será o melhor caminho para solução do problema.

Os servidores não podem esquecer que nos primeiros três meses dessa nova gestão foi possível cumprir parte dos salários atrasados -  enquanto se teve condições de cumprir pagamentos, o prefeito ZAM cumpriu integralmente -   por isso que nessa hora é preciso colocar os pés no chão, reavaliar, rediscutirem o problema e chegarem a um denominador comum onde seja possível cumprir os atrasados e não prejudicar o presente, pois não podemos esquecer que vivemos uma pandemia e qualquer gestão precisa pensar primeiramente no momento presente – salvar vidas-  para em seguida se arrumar para cumprir o passado sem danos colaterais para nenhuma das partes envolvidas.

 

Nenhum comentário:

Tecnologia do Blogger.