5 de março de 2021

Com 11 casos confirmados de crianças com síndrome associada à Covid-19 na PB, diagnóstico deve acender a luz como sinal de alerta para os pediatras

 


Matéria do portal G1PB destaca que pelo menos 11 crianças tiveram diagnóstico confirmado para a Síndrome Multissistêmica Inflamatória Pediátrica (SIM-P) na Paraíba até esta quinta-feira (4). A síndrome, que é associada à contaminação por Covid-19, também causou a morte de três crianças até quatro anos de idade. Segundo a Secretaria de Estado da Saúde (SES), dos 21 casos notificados, nove foram descartados e um ainda segue em investigação.

De acordo com o secretário executivo da saúde da Paraíba, Daniel Beltrammi, os sintomas da síndrome aparecem pouco depois que a criança teve Covid-19.

“É uma manifestação da primeira e da segunda infância, basicamente. Consiste em uma repercussão inflamatória, um efeito tardio da Covid. A criança tem os sintomas do coronavírus, estes sintomas passam e, com duas ou três semanas depois, começam a aparecer algumas manifestações como dor de garganta; vermelhidão dentro da boca, na língua e na garganta; manchas vermelhas nas partes mais claras do corpo, como a palma da mão, e nos braços”, disse Beltrammi em entrevista à TV Cabo Branco.

O detalhe

Com esses  11 casos confirmados de crianças com síndrome associada à Covid-19 na  Paraíba, já deve acender uma luz amarelinha em muitos pediatras que antes eram tranquilos com Covid-19 em crianças

 

.