1 de março de 2021

Apos ato do presidente da CM de Macau, vereadora Dyana Lira diz que " o vírus é perigoso, somente juntos defendendo a mesma causa de saúde pública é que venceremos essa batalha"

 


Após Ato da Mesa Diretora da Câmara Municipal de Macau, que impõe medidas restritivas de acesso às dependências do legislativo -  bem como resolve realizar as sessões remotas devido ao agravamento da pandemia com registro de novos casos da COVID-19, no estado do RN – estive com a vereadora Dyana Lira, PSDB, que se encontra no segundo mandato da casa legislativa para falar sobre o tema.

A vereadora que mantem uma base forte nas comunidades praianas e se preocupa com a propagação do vírus por todo território salineiro, foi clara sobre o assunto;

“ Esse momento difícil com o retorno forte da covid-19 no nosso estado se faz necessário todos cumprirem o seu papel com as regras de distanciamento, do cuidado com o vírus em seu dia a dia. O presidente se demonstrou coerente com seus atos pensando sempre na vida humana, já que aqui nesta casa temos funcionários de todas as idades, além de circular muita gente nesse ambiente legislativo. Como vereadora e representante daqueles que me escolheram para defender suas causas, me sinto na obrigação de identificar posição sobre o assunto que preocupa as famílias macauenses. Por isso peço que todos se cuidem, não aglomerem, tenham consciência que o vírus é perigoso, somente juntos defendendo a mesma causa de saúde pública é que venceremos essa batalha. Não é fácil isso é verdade, mas é possível vencer.”

Resolução da CM de Macau

As sessões ocorrerão nas segundas e quartas-feiras, às 19h, e poderão ser acompanhadas por meio do facebook na Fanpage, da Câmara Municipal. A resolução também restringe o acesso de pessoal às dependências da Câmara, excetuando-se desta restrição os atendimentos feitos por parlamentares em seus gabinetes que deverão ser registrados e não ultrapassar 01 (um) visitante por vez. O uso de máscaras de proteção é obrigatório, conforme decreto municipal.


.