.

Presidente da CM de Pendências e mais 10 gestores dos poderes legislativos recebem ALERTA de promotor de justiça para criar seus portais de transparências e dá visibilidade aos seus gastos como gestor

 

O sistema Confúcio( plataforma de monitoramento e avaliação dos portais de transparência) foi criado para poder  monitorar os atos dos gestores, seja no executivo como no legislativo norte-rio-grandense.

Como todas as prefeituras potiguares já se encontram com seus portais ativos,  o coordenador do Centro de Apoio Operacional às Promotorias de Defesas do Patrimônio Público(Caop-Patrimônio), Promotor de Justiça Rafael Silva Paes, chama atenção para que os novos presidentes da Câmaras Municipais observem os dispositivos legais para dá transparência aos seus atos.

Principalmente

As Câmaras Municipais de Almino Afonso, João Dias, Lagoa D’anta, paraná, Pedro Avelino, Pendências, Rafael Fernandes, Riacho de Santana, Taboleiro Grande, Tangará e Agua Nova, já que as 11 Câmaras não possuem portal ativo e aparecem com nota zero no portal confúcio.

“ Os gestores do poder legislativo destes 11 municípios devem criar seus portais de transparências para dar visibilidade dos seus gastos aos eleitores”, destacou Promotor de Justiça Rafael Silva Paes



Nenhum comentário:

Tecnologia do Blogger.