Município deixa de fazer o seu papel e 15 funcionários de uma mesma escola do RN testam positivo para Covid-19

 

A Prefeitura de Pilões, no interior do Rio Grande do Norte, suspendeu por 14 dias a volta às aulas presenciais após 15 funcionários de uma mesma escola municipal testarem positivo para Covid-19.

Segundo o blog de Antonio Martins, um dos infectados é o professor de matemática Aluísio Rosa de Mesquita, que reside em Antônio Martins, mas trabalha na rede pública de ensino do município vizinho.

Em contato com “O Blog de Antônio Martins”, o pedagogo contou que está em isolamento, assintomático, sentindo apenas dores de cabeça, e espera estar bom em poucos dias.

O secretario municipal de Educação e Cultura, Bernardino Francisco, tentou justificar a situação através de uma nota pública, mas não convenceu.

“De acordo com o nosso Plano de Retomada das aulas presenciais que sugere a testagem de todos os profissionais da educação que estavam atuando presencialmente, infelizmente, oito (8) professores e sete (7) funcionários testaram positivo para o Covid-19”, diz um trecho da mensagem.

O detalhe

A irresponsabilidade municipal é observada quando o ano letivo em Pilões começou dia 1º de fevereiro. Contudo, a testagem somente aconteceu na última quarta- feira, 17 de fevereiro, ou seja, depois de 17 dias das aulas iniciadas.



Nenhum comentário:

Postar um comentário