.

Governo potiguar determina toque de recolher, suspensão de aulas presenciais, missas e cultos

 

Diário Oficial do Estado do Rio Grande do Norte (DOE/RN) traz na sua edição deste sábado, 27/2, o decreto 30.383 com uma série de medidas restritivas visando conter o avanço da pandemia da Covid-19.

Entre as medidas está o estabelecimento do toque de recolher das 22h às 5h do dia seguinte e a determinação para que haja a suspensão, a partir o dia 1° de março, das aulas presenciais nas redes privada e pública de ensino, das atividades coletivas nos templos e Igrejas e do funcionamento de parques ou qualquer outro tipo de evento e festas de qualquer natureza.

Para a governadora Fátima Bezerra essas medidas são urgentes e necessárias porque o Estado – como em todo o Brasil – vive um verdadeiro “cenário de guerra” e, portanto, não deixa alternativas. Em entrevista, a governadora adiantou que essas medidas deverão vigorar por até duas semanas.

O Brasil teve 1.541 mortes pela covid-19 nas últimas 24 horas; a média móvel de morte está acima de mil pessoas; no Rio Grande do Norte, o boletim mais recente mostra que já são 165.050 casos confirmados, dos quais 3.562 pessoas não resistiram à transmissão do vírus e ainda existem 718 óbitos em investigação. Sem contar que os profissionais da saúde estão esgotados e sem trégua há praticamente um ano.

 



Nenhum comentário:

Tecnologia do Blogger.