5 de fevereiro de 2021

Empresas do Parque Metrópole oferecem mais de 55 vagas de emprego em diferentes áreas

 

Remunerações são de até R$ 8 mil. Inscrições são feitas pelo portal Jerimum Jobs

Em um período marcado por demissões e até falências provocadas pela crise socioeconômica da pandemia do Coronavírus (Covid-19), empresas vinculadas ao Parque Tecnológico Metrópole Digital – principal polo de tecnologia de Natal (RN) – estão oferecendo mais de 55 vagas de emprego, dentre ocupações CLT e estágios, nas áreas de TI e outros campos.

Com remunerações entre R$ 750 a R$ 8 mil, as vagas são acessíveis por meio da plataforma Jerimum Jobs – portal que conecta empresas a talentos em diferentes áreas. Até o momento, são 13 empresas ligadas ao Parque Tecnológico a cadastrarem oportunidades e a previsão é que esse número aumente ainda mais nos próximos dias.

Segundo Raphaela Galhardo, diretora de gestão da ESIG – empresa com 25 vagas abertas – muitos negócios tiveram que acelerar sua digitalização durante a pandemia, o que contribuiu para o crescimento da demanda por colaboradores.

“Houve uma mudança cultural abrupta, onde muitas atividades só puderam ser desempenhadas pelo meio digital. Houve a inclusão de muito mais pessoas e empresas na cultura digital e isso fortaleceu a área de tecnologia, gerando mais demanda para o setor”, destaca Galhardo.
 

Contexto de crise

De acordo com o diretor do Parque Tecnológico, Rodrigo Romão, a crescente demanda das empresas de TI advém da necessidade de criação de soluções tecnológicas no contexto de crise.

“A pandemia trouxe ao mercado de trabalho uma exigência abrupta de adaptação em decorrência do necessário distanciamento social. O segmento de TI, nas diversas áreas de atuação, foi quem propiciou a adaptação, permanência e sobrevivência de muitos negócios", afirma Rodrigo Romão.

Ainda segundo o diretor, “há quem diga, de maneira humorada, que passamos por uma revolução chamada ‘Transformação Covi Digital’, visto que a pandemia ‘forçou’ a adoção de novas tecnologias e a derrubada de alguns mitos, como o trabalho remoto”.

 


Nenhum comentário:

Postar um comentário