.

Diferentemente dos municípios da região salineira, Areia Branca apresenta decreto com medidas restritivas para seu carnaval e discute com setores as medidas apresentadas

 

Enquanto os municípios que formam a região salineira seguem implantando decretos com medidas restritivas de cancelamento dos seus carnavais, devemos ressaltar que nenhum apresentou ações que serão realizadas nesse mesmo período de combate e conscientização em relação a covid-19 como o município de Areia Branca.

Veja bem

As medidas restritivas contra a Covid-19 durante o Carnaval anunciadas pela Prefeitura de Areia Branca, estão repercutindo na imprensa como “exemplo para todos os municípios”.

Exemplo para os municípios



A Prefeitura de Areia Branca vai intensificar fiscalização de medidas restritivas contra Covid durante carnaval e “ infratores serão penalizados”.

Areia Branca se posiciona diferentemente dos municípios que formam a região salineira(Macau, Pendências, Alto do Rodrigues, Guamaré e Galinhos), sobretudo quando se enxerga que através da Procuradoria Geral do Município, Assessoria de Articulação Institucional, Fundação de Cultura, Gerência de Turismo e Secretaria de Saúde por meio da Vigilância Sanitária de Areia Branca, reuniu na manhã desta quarta-feira (03) com representantes de bares, restaurantes, hotéis, pousadas e balsas assim também com a representação da área cultural como responsáveis por festas, eventos, clubes, casas de shows, blocos e agremiações carnavalescas, bicharadas e escolas de samba onde se discutiu sobre a situação da saúde pública no município com relação a Covid e os cumprimentos das medidas restritivas durante o período de carnaval.

A proibição da festa está publicada no Decreto Municipal n 002/2021 emitido no Diário Oficial do Município em 8 de janeiro passado. 

O assessor jurídico de Areia Branca, Igor Campos, informou que a fiscalização será rigorosa e os responsáveis de eventos clandestinos serão penalizados por atentado contra a saúde pública, além do pagamento de multa que varia de um mil a 40 mil reais. “Representações criminais estão sendo feitas contra organizadores de eventos irregularidades de eventos passados”, informou Igor Campos.

Enfim

A gestão areiabranquense não se preocupou apenas em apresentar o decreto com medidas restritivas à sua comunidade, marcou reunião com vários seguimentos para discutir , compreender, informar, orientar e conscientizar como deve fazer sempre um bom gestor .


Nenhum comentário:

Tecnologia do Blogger.