Em reunião com SINTE e representantes dos profissionais de educação, Secretário de educação de Macau discute inicio do ano letivo e readaptações no setor educacional

 


Pensando na possibilidade do início das aulas o secretário de educação, Luiz Gonzaga e adjunta pedagógica, Suely Miranda, reuniram-se com representantes do SINTE/Macau na tarde de hoje(28) para que juntos definam a questão da complementação do ano letivo de 2020, analisarem o quadro de servidores efetivos da educação, avaliarem a infraestrutura das escolas municipais e a gestão democrática que deve ser implantada na rede municipal de ensino.

O Secretário Luiz Gonzaga bastante preocupado com a conclusão do ano letivo de 2020 argumentou sobre a necessidade de conclusão dos 25% da carga horária, realidade que deverá ser retomada de forma remota, onde destacou que  “ Essa questão de forma remota se faz necessário porque a infraestrutura das escolas não estão de acordo com as normas e as medidas de segurança frente a pandemia da covid-19”.

A reunião que teve a participação dos coordenadores gerais do SINTE Francisco de Assis de Oliveira, Marcia Lidiane Trajano, além dos membros das diretorias de Cultura e Lazer Edivânia da Costa; Diretoria de Organização dos Funcionários da Educação maria Zilca dos Santos; Diretoria da Juventude Lídia Silva, foi possível chegar à conclusão que o ano letivo de 2021 deve ser reiniciado após revisão da infraestrutura escolar feita gestão pública municipal, onde deverá avaliar os índices de casos da pandemia na cidade, as medidas de segurança e, como também, as normativas do governo estadual para que o retorno seja de forma hibrida ou somente remota que possa atender os discentes e todos os profissionais da escola(professores e profissionais de apoio)de forma segura para todos.

Quanto a questão de lacunas com a falta de professores em determinadas escolas, “ serão reavaliados caso a caso onde se reorganizará o quadro dos servidores para buscar recursos e atender demanda escolar de forma satisfatória. Mas não podemos deixar de destacar que temos em torno de 41% de servidores com desvio de função, situação que precisa ser revista", observa o secretário de educação, Luiz Gonzaga.

O secretário também aproveitou a oportunidade para apresentar um quadro de gestores que serão designados do quadro efetivo que atuaram nas escolas municipais. “ Estes gestores terão autonomia na formação de sua equipe administrativa e pedagógica”, confirma o secretário de educação de Macau.

O detalhe

A complementação da carga horária do ano letivo de 2020, se dará com o retorno das aulas na modalidade de ensino remoto a partir 01-02-2021 à 12-03-2021



Tecnologia do Blogger.