A desculpa plausível dos novos gestores: Quando não se trata de COVID-19, trata-se de estado de emergência

 

Parece que as coisas não andam boas para os novos gestores; se não é a calamidade financeira que muitos identificam estarem passando em seus municípios, é a situação da infecção pela COVID-19 que chegam para atrapalhar os caminhos da nova gestão.

Prefeito pede afastamento



Após 12 dias no Cargo, O Prefeito do Município de Rodolfo Fernandes, na região oeste do Rio Grande do Norte Lilito Monteiro (MDB) pediu afastamento do cargo por 90 dias.

O detalhe

Não se sabe os reais motivos, mas informações das redes sociais dão conta, de que, o motivo seria um tratamento de saúde. Para piorar a situação, o Prefeito testou positivo para a Covid-19 na última terça-feira. 

O atual vice-prefeito Flávio assumirá o cargo e terá a missão de conduzir o município.


A desculpa plausível dos novos gestores: Quando não se trata de COVID-19, trata-se de estado de emergência A desculpa plausível dos novos gestores: Quando não se trata de COVID-19, trata-se de estado de emergência Reviewed by Cidade do sal on segunda-feira, janeiro 18, 2021 Rating: 5

Nenhum comentário:

Tecnologia do Blogger.

Formulário de contato

Nome

E-mail *

Mensagem *

Pesquisar este blog

Labels

My Photostream

CURSOS

- ANPAE: Ass. Nac. de Política e Adm. da Educação - UFRN: - 1º Simpósio de Matemática - UERN(Touros): Matemática Turma 2.002.1 - UVA(Macau): Pedagogia - Turma 2011.1 - Especialização: Psicopedagogia Clínica Institucional

Home Top Ad

Responsive Ads Here

Popular Posts

© 2019 Cidade do Sal - Todos os direitos reservados.
Designer por Fernando Hal.

Fisioterapia de qualidade

Fisioterapia de qualidade

ZELLY Acessórios Femininos

ZELLY Acessórios Femininos

Feijoada da DONA BENTA

Feijoada da DONA BENTA