4 de dezembro de 2020

Preocupação e atenção: Sete hospitais do RN estão com ocupação de leitos de UTI acima de 80% com COVID-19

 

A página online do portal do RN dá destaque de forma preocupante sobre a situação com a COVID-19 no RN, já que o estado possui nesse momento  117 pessoas internadas em leitos de Unidades de Terapia Intensiva (UTI) por causa do vírus.

Esse número de pacientes em leitos Covid críticos faz com que no Estado, 7 dos 15 hospitais com unidades desse tipo, estejam com lotação superior a 80%. Além disso, em 3 deles, a taxa de ocupação é de 100%.

Os hospitais Cleodon Carlos de Andrade (em Pau dos Ferros), Hélio Morais Marinho (em Apodi) e Maternidade Infantil Integrada (em São Paulo do Potengi) não tem mais vagas em leitos de UTI para pacientes Covid.

Também preocupa as autoridades de saúde a situação do Hospital Giselda Trigueiro (Natal), com 92,3% de ocupação, São Luiz (em Mossoró), com 90%, Tarcísio Maia (também em Mossoró) com 89,9% e Hospital do Divino Amor (Natal), com 83.3%.

Chama a atenção a situação do Hospital São Luiz, que já tem 27 dos 30 leitos de UTI/Covid ocupados, e do Giselda Trigueiro, que tem 24 dos 26 leitos UTI Covid ocupados. O Tarcísio Maia tem hoje 9 leitos de UTI/Covid, sendo que 8 deles estão ocupados. A diretora do hospital, Herbênia Ferreira, aponta que não há como reverter as UTI´s gerais em UTI´s para pacientes Covid porque todas elas estão ocupadas.

Por região, a situação mais preocupante é do Oeste, com 83.1% de taxa de ocupação de leitos UTI. Em seguida aparece a região metropolitana de Natal, com 54%. Em todo o Estado, a taxa geral de ocupação de leitos de UTI para pacientes Covid é de 62%, maior nível desde agosto passado. Em todo o Rio Grande do Norte, dos 188 leitos críticos Covid instalados, há apenas 71 disponíveis.

Se a doença continuar a avançar na velocidade que tem se registrado até agora nessa possível segunda onda, logo faltará vagas em todas as regiões. Os dados são desta sexta-feira, 4/12, da plataforma Regula RN.

 


Nenhum comentário:

Postar um comentário