27 de outubro de 2020

Agressões intermináveis ao cidadão Zé Antonio não irá fazer esse povo recuar na busca da reconstrução de Macau

 


Vejo com muita tristeza a que nível chegou a campanha em Macau quando adversários de Zé Aladim esquecem as propostas, a discussão de ideias para agredir o cidadão Zé Antonio. Cidadão  que mal algum fez ao povo salineiro, muito pelo contrário só fez bem a Macau.

Esse comportamento político deixa qualquer cidadão de bom senso envergonhado. Pois não se pode querer ganhar uma eleição apenas com agressão a honra do homem, da família e de seus pares.

Os macauenses já não mais enxergam esse tipo de política como aceitável, o grito das ruas confirmam isso. Os macauenses sabem qual a real necessidade do povo nesse momento, a agressão que se pratica nas ruas e nas redes sociais contra Zé e seus aliados não é uma das necessidades que a população clama como primordial.

Agredir por agredir

Se esse é o único caminho que os adversários de Zé e Aladim encontraram para combater o sentimento de mudança de um povo, vão sofrer nas urnas uma das maiores derrotas políticas sofridas por um gestor com mandato na cidade de Macau.

Por fim

Se 90% do povo salineiro clama por essa mudança, não será com agressões intermináveis que toma conta das redes sociais da cidade que irá fazer esse povo recuar de confirmar Zé e Aladim na busca da reconstrução de Macau.


Nenhum comentário:

Postar um comentário