12 de agosto de 2020

Em nota municipal, prefeitura de Macau fala do seu compromisso com servidores e garante pagamento de efetivos e aposentados

 

Em reunião remota que ocorreu na 5a feira passa, representantes de servidores ativos e inativos fizeram vários questionamentos ao prefeito de Macau para o fato de a gestão não pagar a todos as folhas de pessoal dentro do mês trabalhado. Na ocasião, Túlio Lemos enumerou todas as dificuldades financeiras vivenciadas com as quedas de arrecadações, inclusive mostrando que as transferências do FUNDEB são insuficientes para pagar a folha da Educação. Na mesma reunião, o gestor municipal assegurou que estaria saldando o compromisso com todo o pagamento de pessoal entre os dias 10 e 12, o que foi cumprido em sua integralidade.

Comportamento do sindicato

A nota do prefeito demonstra insatisfação com o comportamento do sindicato dos servidores municipais, uma vez que para a gestão municipal ficou claro que “ a demonstração na utilização de carros de som pelas ruas é apenas um ato meramente político e quebrando o compromisso que haviam assumido na reunião passada, desde a 2a feira, passada até o dia de hoje, os sindicatos voltaram a utilizar do meio de comunicação para reivindicar os salários de seus associados, quando não havia encerrado ainda a data marcada”.

A gestão municipal vem cumprindo o seu papel - como destacou o blog do jornalista Celso Amâncio – quando contextualizou posição da gestão em nota municipal;

 “Entre segunda-feira passada e esta quarta-feira a gestão já depositou os salários de todos os servidores em atividade e também dos aposentados, utilizando quase 4 milhões de reais para cumprir com o compromisso, enquanto que os sindicatos continuam a promover campanha difamatória contra a gestão, em ato meramente político partidário, absolutamente digno de repúdio”, diz trecho da nota enviada à imprensa pela assessoria da Prefeitura de Macau.”


Nenhum comentário:

Postar um comentário