21 de agosto de 2020

Em live do pré-candidato PTista de Macau, Pe Murilo chama atenção para mortandade de peixes, prejuízos com implantação de eólicas e pede que gestores voltem seu olhar para uma Macau inclusiva

 

O partido PTista salineiro sai na frente na discussão de suas ideias nas mídias da cidade, após participar de live com deputada Natália Bonavides e realizar algumas outras com participações de pré-candidatos ao legislativo pelo partido PTista, Juscelino Belmiro, pré-candidato ao executivo do PT, realiza mais uma live e desta vez com a participação de Pe Murilo e Vinicius Marcelino para discutir o tema; Desenvolvimento econômico sustentável e solidário.

Portanto

Vinicius se apresentou ao povo salineiro fazendo um breve relato da história familiar, é formado em administração de empresa pela UERN e relatou um pouco sobre sua atividade de inclusão social ao trabalhar por 11 anos com pessoas que ganham a vida produzindo.

 “ Na oportunidade tive que estudar sobre a economia solidária para atender populares que buscavam atendimento através do crediamigo do BNB”, destacou o pré-candidato a vereador Vinicius Marcelino.

Pe Murilo

O pároco que prestou um grande serviço em Macau através de ações na matriz da conceição, como também através de projetos sociais que envolvia seguimentos da PJMP, dos pescadores, marisqueiras e a sociedade salineira como um todo.

Pe Murilo foi bastante claro em suas posições para o futuro de Macau, quando disse ;

“ O porto era formado por Dunas que foi ocupada pela população do Porto São Pedro e foi criando calçamento, asfalto que prejudica o solo, então você precisa criar alternativa como gestor. Uma gestão pode ter o projeto numa cidade de arborização que ajude a recompor esse tecido biológico, esse tecido do habitat natural, mas que faça com plantas que não sejam nocivas ao ar, ao povo, a sociedade em geral e nem prejudique a estrutura residencial com se ver hoje na cidade de Macau. Não adianta criar prédios, casas e não deixar um ambiente  para praças, áreas de lazer, espaço para ventilação natural, melhorando esse comportamento se melhora grandemente a qualidade de vida.”

Preocupação e realidade 

Pe Murilo também falou sobre a mortandade de peixes que aconteceu recentemente na Imburanas, do prejuízo que causa as eólicas quando sua luz faz com que os cardumes de peixes se distanciem  da nossa orla, chama atenção sobre a redução do investimento da Petrobras na região e pediu atenção para que o futuro prefeito de Macau volte seu olhar para uma Macau inclusiva disponibilizando apoio, orientação, cursos que sejam utilizados no desenvolvimento econômico sustentável e solidário do nosso povo.


Nenhum comentário:

Postar um comentário