30 de junho de 2020

Sem entendimento e com 5 meses antes das eleições, de que lado ficará o eleitor salineiro; da oposição que quer somar, ou da oposição que quer dividir?


Há cinco meses para as eleições municipais, o grupo de oposição em Macau ainda não definiu o seu pré-candidato a prefeito. Vários nomes circulam nos bastidores político do município salineiro, mas até o momento, nenhum foi oficializado para enfrentar o candidato da situação TLemos do PSD.

Antes desse momento de pandemia havia um entendimento entre os "principais nomes" destas oposições para se realizar uma pesquisa na escolha de quem disputaria a prefeitura em 2020, mas de repente esse interesse sumiu.

Porem

O tempo passou e determinado seguimento desta oposição já não aceita mais a tal pesquisa.

O detalhe

O prefeito TLemos vem demonstrado ter o diálogo com todos aqueles que questionaram a forma que ele governou o município nos últimos 3 anos, então porque os seguimentos de oposição não conseguem ter esse mesmo diálogo entre si?

Será que o ego é maior que uma união para reconstruir Macau?

Enfim

De acordo com esse contexto pergunto de que lado ficará o eleitor salineiro; do lado da oposição que quer somar, ou da oposição que que dividir?


Nenhum comentário:

Postar um comentário