9 de junho de 2020

Guamaré sempre se reinventando; Hospital disponibiliza canal virtual que permite contato de paciente com familiares que estão em casa




Ao enxergar a dor da família sem noticias quando seu familiar se encontra com a COVID-19 num lugar tão perto e ao esmo tempo distante, Guamaré se reinventa e busca solução para acalmar os ânimos de familiares em suas residências sem noticia do ente querido.

Pois bem

Pacientes internados com Covid-19 no Hospital Manoel Lucas de Miranda, em Guamaré, estão fazendo contato com familiares por meio de vídeo com auxilio de um aparelho de celular, destinado especificamente para essa finalidade. As chamadas são realizadas pelo aplicativo WhatsApp.

A medida foi implementada como um auxílio no tratamento, já que o distanciamento social tem sido um dos principais fatores para evitar o contágio da doença e, portanto, os pacientes ficam isolados durante todo o período da internação.

“Essa iniciativa foi pensada como forma de humanizar o atendimento, de modo que a gente pudesse ter os familiares vendo seus entes queridos sendo cuidados na nossa unidade, e também os pacientes conversarem com os familiares e verificar que seus eles estão bem e em casa”, destacou o Secretário de Saúde, Fabrício Morais.

Com 71 anos, a paciente desta matéria, reside no distrito de Baixa do Meio e está internada na unidade médica-hospitalar, desde o dia 02 de junho. A anciã foi transferida na tarde desta terça-feira, 09, para um leito de estabilização-covid no Hospital Luiz Antônio, em Natal.

Fabrício afirma que a utilização desse canal virtual tem passado mais tranquilidade aos pacientes e, assim, vem ajudado na recuperação. “As chamadas de vídeo acontecem com o auxílio do serviço de assistência social do hospital e de um técnico de enfermagem e as ligações são realizadas sempre que o paciente tiver condições de fala, e em acordo com a família”, explicou Fabrício Morais.

A direção do hospital informou que além de permitir o contato virtual entre os familiares e o paciente, essa comunicação funciona também como um canal para esclarecimento sobre a evolução clínica e o processo de recuperação dos doentes de covid-19.

 


Nenhum comentário:

Postar um comentário