23 de junho de 2020

Governo desiste da PEC Emergencial e vai incorporá-la à PEC do Pacto Federativo


O governo federal vai reformular o conjunto de propostas de emenda à Constituição (PECs) apresentado em 2019 com o objetivo de conter os gastos públicos. A ideia é que a PEC Emergencial, que tem dispositivos mais imediatos de corte de salários de servidores em até 25%, seja deixada de lado.

A informação foi confirmada pelo Congresso em Foco com a presidente da Comissão de Constituição e Justiça do Senado, Simone Tebet (MDB-MS). A senadora esteve na semana passada em reunião com o ministro da Economia, Paulo Guedes, quando o tema foi debatido.

 

Nenhum comentário:

Postar um comentário