26 de junho de 2020

Estado discute com gestores municipais sobre lei que beneficiará artistas potiguares, já em Macau....


O Governo do Estado reuniu prefeitos, secretários municipais de Cultura e gestores culturais municipais para uma web conferência, nessa quinta (25), com o tema “A Aplicabilidade da Lei de Emergência Cultural 1075/2020 nos Municípios do RN”.

De autoria da deputada federal Benedita da Silva (RJ), a lei que homenageia o compositor carioca Aldir Blanc, vítima de Covid-19 neste insólito ano de 2020, prevê auxílio financeiro aos trabalhadores da cultura, espaços e grupos culturais.

Espera-se que R$ 3 bilhões sejam revertidos para a classe artística brasileira em caráter emergencial, sendo cerca de R$ 30 milhões para o RN (Estado e municípios).

Portanto

Vamos torcer que esta lei de emergência cultural chegue o mais breve possível para todos norte-rio-grandenses, principalmente aos artistas salineiros que estão desamparados em todos os sentidos. Sem ao menos ter o olhar principal daqueles que se utilizam e se dizem  amantes da cultura popular na cidade do sal. 

No caso de Macau

Fazer cultura apenas para demonstrar ser um incentivador da cultura popular salineira nas redes sociais sem ao menos brigar por incentivo aos nossos artistas nesse momento de pandemia, assim é bom demais.


 

Nenhum comentário:

Postar um comentário