2 de maio de 2020

COVID 19: Depois de ver que decreto municipal de Macau não funciona e não possui fiscalização para cumprir determinação, apresento projeto simples na feira livre de Parazinho


Hoje estive na feira de Macau mais uma vez e as medidas adotadas pelo prefeito em decreto municipal em nenhum momento estava sendo cumpridas, não havia nenhuma sinalização pré-estabelecida no decreto, nem muito menos fiscalização da vigilância sanitária. A feira acontecia de "porteira aberta" como se diz no linguajar popular quando se ver tudo mal arrumado.

Mas

Quando a gente ver exemplos dados pelos gestores que querem fazer alguma coisa no seu município - além do discurso sem futuro como acontece na cidade salineira de Macau -  chamo atenção para esta ação realizada pelo prefeito na feira livre de Parazinho;





Como vocês podem ver

Quem quer fazer faz e faz algo diferente. A gestão de Parazinho disponibilizou de forma simples dois pontos com duas pias, água em botijão e sabão liquido para lavagem de mãos.

Por fim

Ação simples, sem discurso vazio, mas com um significado forte de preocupação, zelo e respeito ao cidadão de Parazinho. 

Também estavam presentes agentes de saúde para que a ação funcionasse da forma programada, diferentemente do que ocorre em Macau. Pois o prefeito determina, mas ninguém cumpre e nem muito menos fiscalizam.



Nenhum comentário:

Postar um comentário