2 de abril de 2020

Diretor afirma que Hospital em Mossoró não tem condições de receber pacientes do Covid-19



A realidade da precariedade dos hospitais públicos do estado potiguar só passamos a da conta quando enxergamos o relato do diretor do Hospital Rafael Fernandes de Mossoró, nesse relato o diretor técnico, Oscar Oliveira, destaca que a instituição não foi preparada ao longo dos anos para receber demanda local e da região, diz nota; “O hospital poderá receber uma quantidade de até 18 pacientes, se houver uma mudança na estrutura física, envio de equipamentos médicos e equipes completas com expertise em terapia intensiva”.

Mas

Mesmo atendendo demanda acima relatada pelo diretor técnico no oficio abaixo, o mesmo observa que “ ficará sem retaguarda para tomografia, pareceres especiais e procedimentos complexos que certamente alguns pacientes irão precisar”.

Sobretudo

Pelo conhecimento técnico do cargo que ocupa, alerta também que “Tais quesitos precisam ser atendidos, pois além de não sermos referência em alta complexidade, temos pacientes internados, na sua maioria, com imunodeficiência, além de contarmos com estrutura física limitada”, revela o documento.



Por fim

Destaco esse grito de alerta feito pelo diretor técnico da instituição de saúde pública, localizada em Mossoró, para que os gestores da região se irmanem nessa luta contra a COVID-19. O Hospital Rafael Fernandes não atenderá demanda de qualidade sobre uma  doença que se alastra com tamanha velocidade, de acordo com as especificações a direção do hospital irá colaborar com o enfrentamento ao COVID-19, sobretudo consciente de suas capacidades medicas e estruturais.

Nenhum comentário:

Postar um comentário