18 de março de 2020

Pedra Grande: Enquanto prefeito gasta R$173 mil no carnaval sem ser questionado pelos vereadores, educação sofre com escolas sucateadas e alunos recebendo merendas nas mãos por falta de pratos



Parece que o município de Pedra Grande é um território que vive a margem da lei.

Porque digo isso?

Porque o município gastou R$ 173 mil reais para realizar seu carnaval, enquanto isso as escolas se encontram sucateadas, com ar condicionados quebrados há mais de três anos, alunos e professores passando mau em sala de aulas constantemente.

A CM de Pedra Grande é composta por nove vereadores, sete dão sustentação ao prefeito Valdemir Valentim e se calam diante destes absurdos.

A situação educacional diante dos gastos absurdos no carnaval chamam atenção pelos vereadores governistas não se pronunciarem sobre a falta de higiene nos ambientes escolares, já que os alunos recebem a merenda nas mãos pois  existem poucos pratos e alguns talheres( talvez por isso ao alunos recebam biscoito e cachorro quentes nas mãos), não tem um espaço adequados pra refeição dos mesmos.

Turma do contra cheque

O governo é sustentado pelo silêncio dos vereadores governistas que se calam porque todos possuem a  “turminha do contra cheque”, apaniguados que recebem salários sem estarem ocupando as funções em locais de trabalho.

Nenhum comentário:

Postar um comentário