5 de março de 2020

Guamaré enfrenta o Aedes aegypti com planejamento e ação da prefeitura



O ano 2019 apresentou um crescimento considerável nas notificações de casos de Dengue no Rio Grande do Norte e o esforço do Estado e das prefeituras é para reverter esse quadro em 2020. O município de Guamaré recebeu nessa terça-feira, 03, a visita da coordenação estadual de controle das arboviroses (doenças transmitidas pelo mosquito Aedes Aegypti).

O Secretário Municipal de Saúde, Fabrício Morais e os coordenadores das vigilâncias acompanharam a visita e juntos traçaram estratégias para reduzir a incidência de transmissão das arboviroses para a população. Órgão fiscalizador, o Conselho Municipal de Saúde foi convidado a colaborar com a força tarefa contra o Aedes Aegypti.

Medidas emergenciais

Como medidas emergenciais, a Secretaria Municipal de Saúde solicitou e o Mistério da Saúde liberou a aplicação de inseticida com carro fumacê, UBV pesado, para eliminar os mosquitos alados infectados que estão contaminando a população.

“Serão realizados 4 ciclos de aplicação, com intervalo de 4 dias entre uma operação e outra, nas seguintes localidades: Guamaré-centro, Vila Maria-BR, Salina da Cruz e Baixa do Meio”, explicou Fabrício Morais.

O fumacê é uma estratégia encontrada pelo governo que permite eliminar a maior parte dos mosquitos adultos presentes na região. Dessa forma. O município de Guamaré disponibilizou hospedagem, alimentação, lavagem e o abastecimento do veículo para a realização das operações.

População deve colaborar

Segundo Fabrício Morais, a recomendação do Ministério da Saúde é que todos os moradores abram as portas e as janelas. “As partículas do inseticida precisam entrar nas casas para eliminar os mosquitos”, disse, lembrando que a operação acontece nas localidades que apresentam maior concentração de notificações de casos de dengue.

Mobilização

O município de Guamaré também realizou a Semana de Mobilização de Enfrentamento ao Mosquito Aedes Aegypti. No período de 17 a 25 de fevereiro foram intensificadas algumas ações, a exemplo das inspeções nos pontos estratégicos; visitas nos pontos de alagamentos; palestra educativa na UBS Porte II em Baixa do Meio e atividades educativas e de conscientização em todas as unidades básicas de saúde.

Aconteceu ainda uma reunião com os diretores das escolas municipais e a capacitação para os Membros do Comitê de Promoção e Prevenção da Saúde. Alunos de escolas do município, coordenadores pedagógicos, biólogo da Secretaria Municipal de Meio Ambiente, a equipe do NUCA e população em geral foram envolvidos nas ações e na capacitação.





Nenhum comentário:

Postar um comentário