23 de março de 2020

Coronavírus: Vice-prefeito Macau cobra que prefeito aplique lei que vai beneficiar trabalhadores e pequenos comerciantes desamparados



Os trabalhadores autônomos de Macau, que vão deixar de vender nessa crise de pandemia do Coronavírus, os pequenos comerciantes, além dos trabalhadores do comércio e do setor de serviço informal, que estão fora dos programas sociais do governo federal poderão contar com uma ajuda da Prefeitura de Macau, amparada por lei.  

O alerta vem do presidente da CDL e vice-prefeito de Macau, o advogado Rodrigo Aladim, que irá procurar os vereadores de Macau, baseado na Lei Municipal do Sistema Único de Assistência Social-SUAS, já aprovada pela Câmara e sancionada pelo Executivo, para cobrar a aplicabilidade dos Benefícios Eventuais, que são previstos em situações como esta que estamos vivendo no país.

“O executivo aprovou uma lei importante na Assistência Social, temos que reconhecer. Agora é cobrar da Câmara Municipal que buque os meios para a sua aplicabilidade para socorrer em tempo àqueles que vão ficar sem renda alguma pelos próximos meses. O momento é de deixar a política partidária de lado, a  CDL-Macau está a disposição para ajudar os nossos irmãos”, disse Rodrigo Aladim.

Nenhum comentário:

Postar um comentário