10 de janeiro de 2020

Atraso do 13º, transporte escolar atrasado em R$ 700 mil reais, motoristas com sete meses sem salários, como será o inicio do ano letivo em Macau?



Batendo à porta o início do ano letivo salineiro, o jornalista e secretário de educação de Macau, Aluisio Viana, deve se preocupar com a batata quente nas mães. 

Uma vez que o município se encontra com uma dívida R$ 700 mil reais de atraso com o empresário dos ônibus que fazem o transporte escolar, sem falar nos 7 meses de salários atrasados dos motoristas e a situação dos profissionais de educação que ainda não receberam o 13º de 2019.

O pior

Com a proximidade da jornada pedagógica, o secretário municipal ainda não conseguiu montar sua coordenação pedagógica. O mesmo tem procurado montar sua equipe de qualidade, mas esbarrar na falta de confiança dos profissionais com o atual gestor executivo.

Quer dizer

O ano letivo em Macau promete, aahh se promete....

Enfim

Para quem dizia que ia transformar a educação de Macau - Eliane Han depois de deixar o prédio da SM de Educação totalmente abandonado - se livrou do pepino e foi embora ainda catando de galo.

Nenhum comentário:

Postar um comentário