13 de janeiro de 2020

Macauense procura a TV União na capital estadual para denunciar a "morte" iminente de sua cidade



Por não ser ouvido pelos órgão competentes de justiça em Macau que clama por socorro nos 3 anos de gestão TLemos, macauense vai ate a capital estadual com um caixão simbolizando a morte da sua cidade e da entrevista a TV União para que o RN tome ciência do que está acontecendo na cidade salineira.

Segundo Jadson Carlos “ Os órgãos de justiça outrora tão atuante e fiscalizador com o dinheiro público em Macau, hoje se encontra surdo, cego e mudo”.

.