16 de janeiro de 2020

Macau e Guamaré: O dilema de duas cidades distintas com a reeleição dos seus gestores



Ano de eleição é ano de se preocupar administrativamente, politicamente e financeiramente, alguns prefeitos da região tão tendo esse cuidado de não criar insatisfação com o eleitor.

Mas

Aqui pertinho, precisamente na cidade de Guamaré, o prefeito Adriano Diógenes tem apertado o cinto, tem pago dentro do limite as empresas fornecedoras de serviços, faz esforço para que tudo ocorra com a maior tranquilidade possível, realiza os processos seletivos como manda a lei, é presente em todos os momento sociais de sua cidade, mesmo fazendo tudo direitinho ainda há quem diga que o prefeito de Guamaré não é um bom político e corre em risco a sua reeleição.

Moral da história

Se o prefeito de Guamaré que faz de tudo para que a cidade desenvolva e seus cidadãos tenham acesso a gestão pública tem sido considerado um risco sua reeleição, imaginem como deve estar a reeleição de TLemos no conceito do eleitor salineiro.

Nenhum comentário:

Postar um comentário