23 de janeiro de 2020

Bolsonaro estuda tirar a Segurança Pública das mãos de Moro

Congresso em foco



Em live no Facebook, o presidente Jair Bolsonaro disse que estuda recriar o Ministério da Segurança Pública. Caso isso se realize, a pasta deverá sair das mãos do ministro da Justiça, Sergio Moro, o que minará com os poderes do ex-juiz.

Na reunião, em que Moro não participou, estiveram presentes os secretários estaduais de segurança. “Talvez, pelo anseio popular de ter dificuldade nessa área, por ser talvez o ponto mais sensível em cada Estado, essa possível recriação [do ministério da Segurança Pública] poderia melhor gerir a questão da Segurança. É esse o entendimento dos senhores?”, questionou o presidente.

Bolsonaro afirmou que irá estudar essa questão e que dará a resposta o maios rápido possível. "Eu poderia fazer esse meio campo, além do ministro Jorge, policial militar, a gente dá uma satisfação aos senhores”, disse.

Sergio Moro

Mais popular que o presidente Jair Bolsonaro nos dias de hoje, o ministro da Justiça e Segurança Pública, Sergio Moro, negou ter pretensões eleitorais ou qualquer animosidade com o mandatário brasileiro ao ser entrevistado pelo Roda Viva na noite dessa segunda-feira (20).


Nenhum comentário:

Postar um comentário