17 de janeiro de 2020

Depois de realizada posse do Conselho Tutelar de Macau, MPRN pede para mudar mais uma vez o resultado das urnas



Não satisfeito com o pedido de cancelamento da primeira eleição do conselho tutelar em Macau, MPRN salineiro não aceita o resultado das urnas pela segunda vez e pede afastamento de vencedores por conceitua-los incapaz e sem condições para desempenhar determinados cargos.

Veja:


Detalhe

Não sabia, jamais, que o MPRN tivesse essa capacidade técnica e pedagógica de avaliar quem é incapaz de assumir determinados cargos, ou não.
Essa pra mim é nova!!!!
 


Um comentário:

  1. Eta RN; precisamente Macau. Há... Macau faz parte de Brasil... Eta Brasil velho de guerra rsrsrs

    ResponderExcluir