1 de novembro de 2019

Educação de Macau: Depois de se apresentar como o "Robin Hood" da educação de Macau, recebo informações sobre o outro lado da secretária Eliane Han

Eliane Han quando rasgava elogios ao prefeito


Após saber de sua demissão por blog salineiro, a ex-secretaria de Educação de Macau, Eliane Han, continua nas mídias. Desta vez para mostrar seu lado Robin Hood, defensora dos fracos e oprimidos no setor educacional de Macau, pelo menos foi o que ela disse ao blog do amigo Leandro de Souza(AQUI).

Mas

Para quem conviveu com a secretária – que não fosse seus apadrinhados na secretaria – apresentam o perfil de uma secretária mandona, que não estava nem ai se os funcionários recebiam seus salários, desdenhava da situação de quem estava com salários atrasados,  não respeitava ninguém no ambiente de trabalho e, muitas vezes, em sua sanha cega de passar por cima de tudo e de todos contrariava até o próprio prefeito(como ela mesmo disse).

Em sua fala para blog é Isso ai RN

A educadora se demonstra ser uma mulher santa no ambiente de trabalho, passando a ideia que defendia os “pobres e necessitados” da educação, era o verdadeiro Robin Hood de saia, pelo menos no contexto dela.   Mas não era assim que vários funcionários a enxergavam.

O legado de Eliane Han na educação de Macau

Foi baixar a cabeça para tudo de errado na educação, ser cúmplice de uma educação desastrosa, dá testemunhos que a educação de Macau mudou só para agradar o prefeito TLemos, bater fotos para demonstrar nas redes sociais entrega de caixas de bat gut e alguns caixotes de verduras e frutas que não durariam por 30 dias na merenda escolar, ameaçar motoristas para trabalhar sem salários,  jamais se esforçou para amenizar a situação das escolas municipais completamente sucateadas, usou diárias municipais para participar de cursos no Rio Grande do Sul e na Bahia sem que trouxesse nenhum benefício para educação de Macau, foi a CM de Macau defender o prefeito e sua gestão ao dizer que a educação de Macau tinha mudado e melhorado significativamente com TLemos, se calou quando as escolas municipais passou todo o ano de 2019 sofrendo com falta de funcionários, realidade que dura ate os dias de hoje, deixou escolas sem professores, vigias, porteiros, merendeiras e Asg's.

Nenhum comentário:

Postar um comentário