8 de outubro de 2019

Vereadores de oposição lançarão candidato a prefeito em Macau em 2020



Os vereadores que compõem a oposição macauense, Cláudio Gia, Emmanuel Clélio, Ítalo Mendonça, Marcos Cabral, Jairton Medeiros, Dyana Lira e Wilder Santos em constantes reuniões decidiram em consenso que irão lançar um nome dentre eles para disputar o cargo de prefeito de Macau em 2020.

As reuniões entre os vereadores aconteciam em média a cada 15 dias e agora passarão a acontecerem semanalmente. Os vereadores ainda não decidiram qual deles será o candidato a prefeito, mas certamente será aquele que tenha maior articulação política, apoios e aceitação popular.

Todos os vereadores citados possuem qualidades que são apreciadas por líderes políticos e pelo povo:

O vereador Cláudio Gia é humilde, representa os pescadores e a ala esquerdista de Macau, seu trabalho como parlamentar é elogiado pela grade maioria dos eleitores, até mesmo aqueles que não votaram nele, os eleitores veem em Gia um símbolo de honestidade, humildade e trabalho.

O vereador Emmanuel Clélio representa a juventude e a força das redes sociais. Advogado, o vereador defende gratuitamente vários macauenses que não tem condições de pagar um advogado, com ideias de direita, Kekel como é mais conhecido, conta com apoio da classe jovem e de simpatizantes de grupos de direita em Macau.

O Vereador  Ítalo Mendonça personifica a imagem do homem dos números, aquele que sabe como gerir recursos financeiros, além de como vereador realizar várias ações beneficentes em prol dos mais carentes e atuar fortemente em defesa do esporte de Macau. Ítalo tem combatido os desmandos da atual gestão municipal desde os primeiros dias de governo.

O vereador Marcos Cabral é o vereador de grande aceitação popular, vereador que não possui rejeição e sua atuação mais forte é pelo esporte de Macau. Marcos é visto como homem íntegro e de palavra, além de auxiliar trabalhos sociais em favor dos animais de rua.

O vereador Jairton Medeiros, ou Pintinho como é mais conhecido, já foi presidente da Câmara dos vereadores e mostrou que sabe administrar finanças, seu mandato é baseado na transparência e na legalidade, ligados a movimentos de esquerda, Pintinho tem uma boa aceitação perante a esquerda de Macau, além de boa articulação política na capital do Estado.

O vereador Dyana Lira, é a atual presidente da Câmara onde faz um administração exemplar, digna de elogios dos macauenses, Dyana tem a cara da superação: mulher, mãe, negra, além de representar o distrito de Diogo Lopes e assentamentos. Dyana não sofre rejeição popular e conta com o apoio de muitos grupos que gostariam de ver uma mulher sendo prefeita de Macau.

O vereador Wilder Santos, além de vereador é bancário e também sabe lidar com números e finanças, sempre coerente em seus discursos e posicionamentos, Wilder foi o vereador mais votado no último pleito e também conta com índice baixo de rejeição entre os macauenses.

Dessa forma os 7 vereadores entraram em consenso de que cada um possuem qualidades para serem o próximo prefeito de Macau. Os vereadores já conversavam há algum tempo e hoje contam com o fortalecimento e aval da Governadora do Estado, Fátima Bezerra e do seu vice, Antenor que apoiou a ideia e o projeto.

O bloco conta ainda com o aval e o apoio da senadora Zenaide Maia e do senador Jean Paul Prates, além da deputada federal Natália Bonavides e dos deputados estaduais Isolda e Francisco do PT e Hermano Morais e Kelps Lima.
Os vereadores já mantiveram diálogos com todos e receberam apoio ao projeto.

Nenhum comentário:

Postar um comentário

gatofelix


.