14 de outubro de 2019

Governadora Fátima abre oficialmente a 57ª Festa do Boi



A 57ª edição da Exposição de Animais, Máquinas e Equipamentos Agrícolas do Rio Grande do Norte, conhecida tradicionalmente como a Festa do Boi, foi aberta oficialmente na noite deste sábado (12), pela governadora Fátima Bezerra. As inúmeras ações do governo no setor foram destacadas no discurso da chefe do Executivo estadual. "Estamos trabalhando desde o início da gestão com o objetivo de desenvolver, fortalecer e aprimorar toda a cadeia produtiva do setor agropecuário. Passando pelo programa do leite, decretos da carne bovina, do camarão, o Programa Estadual de Compras da Agricultura Familiar e Economia Solidária (Pecafes) e tantas outras iniciativas que buscam o desenvolvimento da produção do campo. Nossa gestão tem sido baseada no diálogo e no trabalho integrado, todos ligados diretamente e indiretamente à agropecuária, em busca de um objetivo só gerar renda e emprego para o nosso povo", ressaltou.

O Governo do Estado realiza 17 exposições agropecuárias ao longo do ano. A Festa do Boi, que encerra esse calendário de eventos, é a maior exposição da Região Nordeste e está entre as cinco maiores do Brasil. "Aqui mostramos onde está a melhor genética de ovinos, bovinos e caprinos do Nordeste. É um evento tradicional para toda a família, uma programação que agrada de crianças a idosos. Mas o principal é geração de negócios, o Governo investe e cobra dos bancos. Este ano estamos aqui com a Agência de Fomento - AGN e o nosso objetivo é impulsionar toda a cadeia produtiva do agronegócio", destaca o secretário de Agricultura, Guilherme Saldanha.  

O Governo do RN investe mais de R$ 200 mil, com recursos do Governo Cidadão/Banco Mundial para a realização do evento. Estima-se que este montante vai gerar aproximadamente R$ 60 milhões em negócios. E aproximadamente 350 mil pessoas devem visitar a feira até dia 19 de outubro.
A Festa do Boi é uma realização da Associação Norte-rio-grandense dos Criadores - Anorc em parceria com o governo que atua por meio das secretarias da Agricultura e de outros órgãos como SEDRAF, Emater, Idiarn, Emparn, além de outros como Prefeitura de Parnamirim, SEBRAE, BB, BNB, AGN, Faern/Senar, Fecomércio e Fiern.


Nenhum comentário:

Postar um comentário