27 de setembro de 2019

De fortalecer, enfraquece: As “picuinhas” politicas partidárias que exclui quatro vereadores em seu quadro de renovação partidária municipal



Todo bom político sabe que seu projeto partidário cresce e aparece a nível de estado e federal quando suas bases municipais estão devidamente amparadas com um quadro consistente de vereadores.

Veja bem

Todo parlamentar necessita de apoio de vereadores em seus projetos no cenário estadual e federal na busca de sua reeleição, mas parece que no estado norte-rio-grandense não é assim, principalmente quando se trata de Macau.

Pois bem

O partido PRB era composto na cidade salineira com quatro vereadores devidamente eleitos pelo voto popular(Wilder Santos, Dinarte Collor, Carlinho do valadão e Italo Mendonça) mas na nova composição do diretório do partido na cidade do sal excluíram os edis.  

Então

Apesar do partido ter quatro vereadores, os mesmos não foram chamados pra nada, nem para uma discussão prévia sobre o assunto.

Por fim

O partido que tinha quatro vereadores em seu quadro de filiados e logo mais terá nenhum. Então fica a pergunta: Quem em sã consciência deixaria de lado quatro vereadores para compor o partido com novas lideranças políticas sem mandatos?

Nesse caso

O Partido PRB ganhou ou perdeu em Macau?...

Com a palavra o deputado federal, Benes Leocádio...



Nenhum comentário:

Postar um comentário

gatofelix


.