28 de agosto de 2019

Hacker da Lava Jato diz em entrevista que sentiu “OBRIGAÇÃO” em divulgar mensagens



"Um dos principais envolvidos na divulgação de supostas conversas entre procuradores da Lava Jato e entre autoridades - como o ministro da Justiça, Sergio Moro, com o procurador-chefe da Operação, Deltan Dallagol -, Walter Delgatti Neto falou à imprensa pela primeira vez. Preso desde o dia 23 de julho, o hacker da Lava Jato concedeu entrevista à Folha, e afirma não ter encontrado dificuldade em acessar as mensagens.

Na entrevista

O hacker da Lava Jato também diz que procurou a ex-candidata a vice-presidente da República Manuela d’Ávila para buscar o contato de Glenn Greenwald, que não estaria na lista dos telefones hackeados no aplicativo Telegram.

“À medida que acessei o conteúdo das mensagens, encontrei irregularidades... Após reflexões, considerei meu dever proteger tais informações, resguardá-las e torná-las públicas... Para tanto, procurei jornalista de reputação internacional para trocar ideias sobre como proceder”, afirmou. 

A entrevista está disponível "AQUI"

Nenhum comentário:

Postar um comentário

gatofelix


.